Planejar envia posicionamento sobre a regulamentação do consultor de valores mobiliários

A Planejar enviou no dia 20 de março uma contribuição à audiência pública da CVM referente à regulamentação da atividade de consultoria de valores mobiliários. Atualmente, o registro desses profissionais está previsto na Instrução 43 da CVM, de 1985.

Um grupo misto composto por advogados e diretores da Associação discutiu as contribuições para a evolução do arcabouço regulatório para o planejador financeiro pessoal com a Certificação CFP®. Durante o processo, foram recebidas diversos comentários e sugestões de associados da Planejar.

A proposta versa sobre o escopo de atuação do consultor e formas de remuneração deste profissional, sob a ótica do Código de Ética e Responsabilidade Profissional para o profissional CFP.

Leia a resposta enviada à audiência▸