Notícias

| Tempo de leitura: 1 minuto

Amyr Klink: “Planejamento é estar preparado para mudar o roteiro da viagem a cada 30 minutos”

Reading Time: 1 minute

Fazer viagens como as de Amyr Klink, célebre navegador brasileiro, requer um planejamento imenso e minucioso. Em palestra emocionante no Congresso Planejar 2018, Klink traça um panorama entre sua trajetória de vida e o planejamento financeiro.

“Eu aprendi a navegar na rua e não no mar, porque eu tinha muito medo. Eu ainda tenho muito medo do mar, por isso faço barcos bem feitinhos. Eu não perdi o medo do mar, eu simplesmente aprendi a conviver com ele”, conta o navegador.

Depois de muitas tentativas, ele conta que sua primeira grande viagem, a travessia a remo da África ao Brasil, só começou a tomar forma de verdade quando ele resolveu fazer um plano. O processo todo levou dois anos, e a viagem acabou sendo bem-sucedida. “A beleza de fazer um plano é que você começa a acreditar que coisas impossíveis são perfeitamente possíveis. Quando a viagem acabou, eu estava feliz, porque tinha executado o meu plano. Era tão legal cumprir um plano, as pessoas fazem tantos planos que não cumprem”, conta.

Ao longo dos anos e das novas viagens que fez, ele conta que sua visão sobre o planejamento foi mudando. “Hoje eu sei que planejamento é estar preparado para mudar o roteiro da viagem a cada 30 minutos e que a propriedade genuína que a gente adquire ao longo da vida são as experiências que a gente constrói.”

No mundo dos negócios, ele conta que mudou a visão sobre sua área de atuação também. “Nosso negócio é ser provedor de experiências únicas no mar, não é construir nem guardar barcos”.